Curso de LGPD GRÁTIS - Semana de LGPD na Prática (5, 6 e 7 de março)
Geral

LGPD e as estratégias de negócios

Vamos falar de LGPD e as estratégias de negócios?

Diferentemente do que a maioria das pessoas pensa, estar em conformidade com a LGPD pode ser um grande diferencial para os seus negócios, servindo a adequação à LGPD como uma alavanca empresarial.

Dessa forma, aqueles que se propõem a realizar as operações de tratamento de dados dos titulares de forma adequada, podem alcançar outro nível de vantagem competitiva.

A seguir você vai entender a relação entre a LGPD e as estratégias de negócios.

O que já sabemos?

LGPD e estratégias de negócios

Primeiramente, a LGPD é a lei que regula a proteção e o tratamento de dados pessoais, mas vai muito além disso.

Desde o início da vigência da LGPD, as empresas que realizam tratamento de dados pessoais, devem, além de justificar o tratamento e apresentar a base legal para cada operação, atender também a todos os princípios da LGPD.

Embora já tenhamos tratado anteriormente, não custa recapitular os exemplos de dados pessoais de pessoas identificadas, objeto de tratamento no dia a dia empresarial.

LGPD e Escritórios de Contabilidade

Além desta categoria de dados, temos também os dados pessoais de pessoas identificáveis. São aqueles que quando analisados separadamente não identificam um titular de dados, mas sob uma análise conjunta, podem identificar um titular.

O que falta saber?

LGPD e estratégias

O que as empresas não podem fazer é opor resistência à implementação da LGPD por achá-la complexa ou branda. A dica aqui é não subestimar essa legislação que trata de um tema de importância global.

Em primeiro lugar, pelo interesse social que reveste tais medidas: todos nós somos interessados no tratamento legítimo de nossos dados pessoais. Estamos juntos nesse barco.

Em segundo lugar, pela oportunidade que as empresas têm de usar as circunstâncias em seu benefício. Digo isso por vários fatores.

Afinal, que empresa não deseja calcular as oscilações de mercado e compreender as novas demandas dos seus consumidores? E se eu te disser que a LGPD pode te ajudar com isso? E eu vou além: a LGPD pode, inclusive, tornar o seu negócio mais produtivo.

Por exemplo, as empresas que não se adequarem sofrerão as penalidades cabíveis. Dentre elas, acredita-se que a mais prejudicial seja a perda da confiabilidade do público devido à publicização do status de empresa violadora da LGPD.

Uma pesquisa mencionada pela “Valorinveste” revela que 69% dos consumidores abandonariam marcas por uso indevido de dados pessoais. Nesse sentido, o estudo informou que a maioria dos consumidores deixaria de consumir de grifes invasivas.

Dessa forma, com a lei em ação, as empresas inadequadas sofrerão grave crise reputacional. Nem é preciso dizer que, assim, darão espaço no mercado a outras que trabalham corretamente. Você percebe como isso pode ser benéfico para os seus negócios?

E tem mais…

Por outro lado, as pesadas penalidades financeiras descapitalizarão parcela do empresariado. Além disso, eventual suspensão da permissão de tratamento de dados trará prejuízos incalculáveis, de modo que tais empresas perderão qualquer chance de competitividade.

Arrisco a dizer que, em que pese a cifra assustadora no que diz respeito à aplicação de uma eventual multa, outras penalidades poderão comprometer a saúde da empresa. A saber, suspensão, bloqueio ou eliminação dos dados pessoais. O nível do comprometimento, dependerá, é claro, do seu modelo de negócio.

Como aproveitar as novas tecnologias em prol do negócio?

Estratégias de Negócios

À primeira vista, será possível conhecer o seu consumidor e obter orientação clara sobre a proposta de valor atinente ao negócio.

A partir da obtenção de maior controle sobre os dados que circulam dentro da sua empresa, com a evolução do relacionamento com a clientela e a otimização dos processos envolvidos. É um movimento em cadeia.

Você precisará, para tanto, percorrer algumas etapas intransponíveis:
  • Análise para otimização de processos.
  • Modelo Documental de Gestão de Dados;
  • Categorização e localização de informações desestruturadas na companhia;
  • Rastreamento de todo o trajeto dos dados na empresa e diagnóstico completo sempre acessível.

Assim sendo, com a gestão e o rastreamento de dados você perceberá os resultados na retenção do consumidor e no aumento da confiabilidade relativa à marca. A consequência é o destaque do seu negócio em relação aos demais.

Ao implementar a LGPD no processo produtivo você não demorará a concluir o valor da fidelização de clientes e da maior produtividade para seus processos internos.

Por que a pressa, se as penalidades ainda não estão sendo aplicadas?

Pela lógica econômica: o preparo é mais barato. Certamente Você vai se arrepender se tiver de modificar o produto ou serviço quando o agente regulador bater à sua porta e impor correções, ou um parceiro de negócios exigir que você proceda adequação.

A verdade é que os custos de implementação de última hora poderão gerar significativos impactos em seu orçamento. Seja previdente.

Considerações Finais sobre LGPD e Estratégias de Negócios

LGPD e estratégias de negócios

Em síntese, agora você já sabe como avançar frente à maioria das empresas que se encontra ineficiente diante da LGPD. Acima de tudo, você deve educar a sua escala corporativa para proteger a sua clientela e o seu próprio negócio.

Sob o mesmo ponto de vista, o consumidor que sente confiança na proteção de seus dados retribui com fidelidade e respeito. Enfim, mais do que livrar-se das penalidades, o objetivo é alcançar a posição de confiabilidade frente ao consumidor. Em outras palavras, o consumidor que se sente seguro é um consumidor fiel.

Assim, busque implementar boas práticas de governança e segurança da informação. Em especial, busque o uso transparente e autorizado dos dados de seu público. Dessa forma, você estará provando a funcionalidade de sua empresa para o mercado e garantindo uma posição de sucesso.

Por fim, conte comigo para o que precisar.

Leia também:

Até a próxima.

Write A Comment