Curso de LGPD GRÁTIS - Semana de LGPD na Prática (5, 6 e 7 de março)
Geral

Será que é possível utilizar o meu time interno na adequação à LGPD?

Posso utilizar o meu time interno na adequação à LGPD?

Essa é uma pergunta frequente entre as empresas que buscam a adequação.

Será que é possível utilizar o time interno de colaboradores para atingir a conformidade com a LGPD?

Não só É POSSÍVEL, como É NECESSÁRIO e super importante que os colaboradores internos estejam completamente engajados na adequação à LGPD da empresa, que participem de forma ativa de todo o processo.

Ainda que a empresa opte pela contratação de uma consultoria externa para auxiliar no direcionamento das atividades do Plano de Adequação à LGPD, contar com o apoio do time interno de colaboradores é necessário para o sucesso da posterior implementação do Programa de Governança em Privacidade e Proteção de Dados.

O fato dos colaboradores compreenderem melhor do que ninguém os processos e procedimentos da empresa, seja porque cada área possui a exata compreensão de onde o dado pessoal entra, por onde ele trafega, por onde e quando sai, ou seja, por onde o dado transita dentro da empresa e onde transitará fora, mas por delegação desta enquanto controladora, faz com que a participação destes em todo processo seja indispensável.

Afinal, ninguém melhor do que o responsável pela área para responder a Planilha de Mapeamento de Dados (Data Mapping LGPD). Ele entende tudo sobre a sua área, sabe a exata dimensão dos processos ali existentes, do fluxo dos dados da empresa.

Além do mais, ao participarem ativamente de todas as iniciativas envolvendo a adequação da empresa à LGPD, faz com que estes, automaticamente, passem a ter um olhar mais atento às questões envolvendo a Privacidade e a Proteção de Dados.

Embora essa ideia não esteja sendo ainda muito difundida, a conscientização dos colaboradores em relação à Privacidade e Proteção de Dados talvez seja a fase mais importante do Programa de Governança em Privacidade e Proteção de Dados e as empresas precisam estar atentas a esse detalhe que fará toda a diferença para o Programa.

Ao implementar  uma Cultura de Privacidade e Proteção de Dados, que além de direcionar e conduzir de forma mais adequada as ações dos colaboradores com relação à manipulação das informações pessoais dos titulares, se estenda aos aos fornecedores, parceiros comerciais, e toda e qualquer empresa terceira envolvida na relação empresarial, é atender às disposições da Lei Geral de Proteção de Dados, é se ver no caminho da conformidade com a LGPD.

E você sabe qual a melhor forma de utilizar o seu time interno?

Permitindo que ele seja guiado em nosso passo a passo LGPD.

É exatamente isso! O nosso curso LGPD visa a condução do profissional na adequação. É um roteiro guiado, com parâmetros reais e modelos de documentos para que o profissional que esteja atuando na implementação consiga adequar a empresa com base nas operações de tratamento de dados pessoais que esta realiza.

Quer dar o primeiro passo agora mesmo?

Faça parte da nossa primeira turma se inscrevendo em nosso Módulo I – Conhecendo e entendendo a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018), no link abaixo:

https://www.implementandoalgpd.com.br/proximas-turmas/

Lembre-se: conhecer a lei, entender seus aspectos e principais impactos é o primeiro passo para a sua jornada de adequação, seu completa compreensão é fator determinante para o sucesso do seu Programa de Governança em Privacidade e Proteção de Dados.

E não esqueça, o melhor curso LGPD seja online ou presencial é aquele que te faz conectar com a lei, que te faz compreender e dominar os principais pontos dela.